Meu Jogos (Em Construção)

Aqui está a lista de todos os jogos em que já tive o prazer de jogar incluindo aqueles jogos que são muito ruins, mas que acabei jogando (x_x), contendo também aqueles me marcaram no começo dessa grande jornada. =D

Obs.: A ordem em que se encontram os jogos não é a ordem oficial!!

Myanimelist: https://myanimelist.net/profile/zSquall

List items

  • O primeiro jogo que joguei dessa saga, sendo uma das melhores histórias em que já vi no mundo dos games, com muito sangue e pancadaria! Super recomendo =D

  • Se o primeiro estava bom, esse melhorou e muito, assim que terminei o 1° já fui em busca desse para jogar!

  • O que falar desse primeiro jogo de ps4 em que joguei? Simplesmente incrível do inicio ao fim, porém não tinha jogado os outros 3 e já fui logo para esse e simplesmente é um dos meus favoritos!! Aqui é apresentado o irmão de Nathan, o Sam Drake que é um dos melhores personagens da franquia, Naughty Dogs deveria produzir um uncharted contando as aventuras e história do irmão de Nathan, seria fantástico.

  • Um novo começo de uma franquia super aclamada! Conseguiram migrar o Kratos para a mitologia nórdica e criar uma grande história, alguns pensaram em que seria ruim, pois o mesmo foi bem finalizado no 3! Enfim ele conseguiu ser o Goty de 2018 com grande merecimento.

  • Um dos jogos da Rockstar games que mais curto, Até hoje eu espero um novo Max Payne e que tenha uma história assim como essa, para quem curte tiroteio a todo momento é super recomendado e ainda mais que o jogo se passa em São Paulo e nas Favelas do Rio de Janeiro, destaque para a dublagem em PT-BR e para a estátua do Cristo Redentor.

  • Época maravilhosa que passava as tardes jogando... Simplesmente eu acho a melhor franquia de jogos de ação para o ps1, o jogo é em terceira pessoa, nos dias de hoje seria um forte concorrente para Max payne ou até mesmo deixando para trás jogos do mesmo gênero.

  • Está entre os melhores jogos de Terror/Horror do PS2. Curti muito o terceiro jogo da franquia, os cenários do game são bem macabros e até que extenso para se explorar contando com a quantidade de monstros que tem perseguindo a Heather (personagem principal). De todos que joguei esse conseguiu me prender bastante, tanto que jogo ele de vez em quando, pq o que é bom ninguém esquece kk

  • O melhor jogo de SAMURAI NA ERA FEUDAL!!! Recomendo para todos que gostam do genêro, as habilidades de poderes são fantásticas, cada espada tem seu próprio estilo e poder. Para quem gosta de Devil may cry, Chaos Legion ou até mesmo bayonetta! Irá gostar muito desse clássico de PS2*

  • Continuação do Primeiro, porém esse controlamos o Jubei (Jackie chan hahaha) que é o personagem principal. O Jogo se passa alguns anos depois dos acontecimento do 1. A gameplay continua perfeita, apresenta novos personagens que mais tarde poderiamos jogar com eles no Onimusha Blade Warriors.

  • Considerado por muitos o melhor Onimusha, aqui voltamos a controlar novamente o personagem do 1° jogo (Samanosuke), o Ator francês que foi convidado para promover o jogo "Jean Reno" (lado direito) e também uma personagem feminina. Imagine uma cidade tranquila e de repente a mesma é invadida por diversos monstros e matando-as. Samanosuke ele é teletransportado para o mundo moderno (atual) para exterminar esses monstros. Pertencendo a um exercito Jacques (jean Reno) também tem a missão de limpar a cidade desse caos. Está ai um resumo desse jogaço! Jogo mais que recomendado.

  • Não houve nenhuma evolução que posso citar que seja diferente do primeiro jogo, porém temos uma nova aventura com o Logan e a Lian. Em relação a gameplay ela é bem fluída, questões de mira manual ou automática continua a mesma coisa. Os gráficos são perfeitos para a época, cenas marcantes sem deixar o jogo enjoativo e a trilha sonora muito boa.

  • Evolui bastante em aspectos de CG, para fechar a trilogia do PS1 conseguiram adicionar mais cenários atraentes para esse final, a cada missão completada que eu estava completando mais eu sentia vontade de jogar com diversas revelações. Até hoje quando me perguntam quais jogos de PS1 que joguei, sem dúvidas eu cito essa grande Franquia que foi o Syphon Filter.

  • O Primeiro contato que tive dessa obra prima foi em 2001 no ano de lançamento do próprio, o jogo simplesmente me agradou bastante, principalmente o personagem 'Dante' pois o genêro hack and slash ainda não tinha uma grande imersão no mercado dos games naquela época, creio que esse foi um dos principais jogos que expandiu o genêro. Questão de gameplay por ser o primeiro jogo ele é um pouco travado, mas não tira o brilho do jogo.

  • É dificil imaginar que a continuação deste jogo seria muito fraco em história e principalmente em gameplay, até hoje ele é bem criticado por quem jogou, mas se você quer entender a história de fato esse jogo tem q ser jogado, mas não com muita pressa por que na cronologia do jogo é o ultimo se passando até mesmo depois do Devil may cry 5.

  • Jogo Incrivel, após a decepção que foi o Devil may cry 2, esse foi um sucesso de vendas a capcom finalmente conseguiu despertar o interesse meu pela franquia. Esse jogo me marcou muito pela sua quantidade de combos que temos para desabilitar ao decorrer do jogo, os chefes (boss) do jogo são inesqueciveis, principalmente mostrando o irmão do Dante chamado Vergil que para muitos é o melhor personagem. O jogo mostra os poderes do irmão de dante que é incrível e tem momentos no jogo em que duelamos com ele, a primeira luta de dante vs vergil me marcou muito, a trilha sonora, ambientação e a dificuldade. Recomendo muito joga-lo!!

  • O jogo é o mesmo, porém como o próprio nome diz é uma edição especial em que conseguimos jogar com o Vergil! A maioria do pessoal ficou curioso de como seria jogar com o vergil e depois acabaram comprando essa edição e eu fui um deles kkk

  • Eu gostei bastante do jogo só não entendi pq não continuaram com o Dante como protagonista já que estava acostumado com ele ser o principal, aqui o jogo nos apresenta um novo personagem muito parecido com o Dante, chamado de Nero. O jogo acerta bastante em termos de gameplay assim como foi o 3°. O jogo começa com uma batalha épica entre Nero e Dante dentro de uma catedral e depois disso, A história vai se desenrolando e os dois começam a formar uma "amizade" para destruir os vilões que irá aparecer.

  • Edição que me permitiu jogar com Dante novamente, Vergil, Nero, Trish e Lady além de ter diversos costumes para cada personagem.

  • Primeira impressão que tive do jogo: "QUE PORRA ACONTECEU COM O DANTE?", mas depois de algum tempo obtive o mesmo para jogar e simplesmente acabei gostando bastante, pois a gameplay do jogo melhoraram demais, a trilha sonora do jogo assim como a do três e quatro é perfeita! Nesse jogo o dante tem uma amizade bem diferente com Vergil, eles são bem mais próximos ao contrário dos demais jogos. O Reboot vale muito a pena jogar, esse é o único que ñ faz parte da cronologia.

  • Até hoje esse jogo é o melhor jogo da franquia, merece um REMAKE para as novas gerações com toda a certeza. No primeiro contato que tive no jogo fica dificil de exergar devido a neblina que foi um dos destaques , os monstros simplesmente causaram medo em mim e fiquei alguns dias sem jogar naquela época kkk meses depois acabei finalizando-o.

  • Após o sucesso do primeiro jogo, Esse foi o primeiro lançado para o PS2! A maneira em que o jogo apresenta história é simplesmente fantástica cada monstro tem um significado, aqui é apresentado um dos boss mais aclamados do genêro, o Pyramid Head (Cabeça de Pirâmide) que acabamos enfrentando! A gameplay é muito boa, em nenhum momento me senti incomodado, trilha sonora 10/10. Para quem gosta de jogo de terror, recomendo muito!

  • O jogo começa em primeira pessoa, eu achei um pouco estranho no começo, mas fui jogando e percebi que eu tinha que estar bem atento com os diálogos do jogo, enfim quando encontramos um buraco na parede do banheiro entramos nele e já estamos em Silent Hill, o ambiente do jogo muda de uma hora para outra assim como a alteração para terceira pessoa. Unico ponto negativo em que não gostei desse jogo é que não tem um boss, porém em contrapartida tem diversos monstros diferentes.

  • Esse foi um dos últimos que joguei, o jogo tem uma proposta diferente dos demais pq o personagem nessa história diferente de todos outros ele tem habilidades de usar facas, armas etc devido a ele ser um soldado. Particularmente eu achei legal o jogo, mas não causa mais aquele 'medo' em que senti quando joguei os 1°, 2° e 3° jogo da franquia. o ponto positivo é que o jogo tem boss com visuais bacanas e tem bastante enfermeiras, trilha sonora mediana, a gameplay é até aceitável... mas o clima de terror já não é o mesmo.

  • O jogo é um pouco ultrapassado, mas pensa em um jogo foda! Ele é um detetive em que teve sua esposa e filha assassinadas de forma cruel em sua própria casa, ele vai com sangue nos olhos em busca de vingança, a história aparenta ser bem clichê, mas quando você começa a joga-lo é tiroteio para todo lado, o bacana no jogo é que max consegue pular caindo atirando ao mesmo momento em câmera lenta e aquilo era simplesmente demaaais na época. Tive uma revista da Ação games com o detonado do jogo, contando algumas curiosidades e assim eu fui realmente amando esse jogo na época eu joguei em inglês, ñ me recordo de ter dublagem em PT-BR igual hoje tem. Um dos meus favoritos :DD

  • Depois dos acontecimentos do 1, nesse o Max está cabisbaixo com tudo oq aconteceu, quando um Homem está se sentindo pior ele volta a trabalhar para a polícia, onde ao ir investigar um tiroteio ele é pego em uma emboscada, aqui você vai presenciar traições, brigas e até mesmo corrupção tudo para deixar o Max cada vez mais com problemas. Desenvolvimento da narrativa é fantástica, violência explicita e até cenas de 'sexo' kkkk A Rockstar realmente produziu uma sequência que ao meu ver supera o 1° jogo.

  • Violência Explícita, a rockstar na época recebeu diversos processos por causa desse jogo, em alguns países tiveram que ser censurados. No jogo o protagonista é um detento e ele é usado para divertimento das pessoas que estão atrás das câmeras, parecendo um reality show onde o objetivo é sair matando o outro. As cenas de violência são bem mostradas com uma quantidade de sangue chegando próximo a "realidade", claro que os gráficos na época não eram tão reais, mas dava para notar a expressão dos personagens. O ambiente do jogo é bem sombrio, sua gameplay me lembrou muito com alguns jogos da franquia GTA (acho que usaram a mesma engine), enfim é um jogo que despertou minha curiosidade e acabei jogando.

  • Assim como o primeiro a violência é bem explícita, o Personagem aqui já é outro, o game já começa em uma prisão com cenas pra lá de "loucas", maior caos e indíce de insanidade. Apresenta novas cenas de matança kkkkk e também elementos de stealth para se esconder dos inimigos no escuro e mata-los. Não recomendado para menos de 18.

  • Esse é o que mais joguei e o meu favorito até hoje. Quando eu alterava a dificuldade para o Expert eu não conseguia derrotar o Sagat ele era muito mais muitooo apelão. Aqui tem diversos personagens para escolher a jogabilidade impecável, combos, poderes e costumes dos personagens. Recomendo demis para quem é amante de jogos de luta.

  • O jogo mostra a rotina de alguns alunos da mesma classe em que um certo dia um dos alunos decide ficar jogando basquete e percebe que sua mochila sumiu, ele tenta descobrir aonde está e acaba indo a um porão que tem na escola e lá ele encontra um outro aluno solitário e meio "doente", os dois tenta sair do porão e assim começa a surgir algumas criaturas e assim começa um grande mistério. Eu joguei em modo singleplayer, porém da para jogar em multiplayer. Esse é um survival horror em que vale mt a pena cada hora gastada.

  • Um dos jogos que mais Amo da era do PS2 e que tenho sempre jogado. Acredito que é o jogo que inspirou o jogo do xbox one - Ryse Sons of rome. O jogo se passa em Roma, quando Julio César é morto, o assassino faz uma emboscada para o Pai de Agrippa (Protagonista) e acaba sendo preso e sua mãe é levada para ser assassinada em público. Agrippa ele é um centurion do exército romano e decide entrar nas batalhas no colisseum para tentar salvar seu pai e um segundo protagonista tenta provar a inocência do pai de agrippa (onde essas partes possui elementos de stealth). É um jogo simplesmente com uma história fantástica, gameplay muito bem desenvolvida. Super Recomendado!!

  • Esse eu joguei bastante no PS2, sempre gostei do personagem Leon e dessa vez controlamos ele em uma missão para resgatar a filha do presidente Ashley. A gameplay mudou muito comparado com os anteriores, foi um marco na história da franquia dessa vez a capcom alterou para a câmera e deixou em 3° pessoa (uma nova experiência) realmente deu muito certo, tanto que até os próximos que seriam lançados seria baseado nessa câmera, exceto o RE7. Confesso que quando eu era mais novo desliguei o console várias vezes quando apareceu o Serra elétrica, me dava muito medo o som que aquilo fazia até que um certo dia consegui mata-lo e avançar no jogo. Os monstros aqui são diferentes dos demais para ter uma noção aqui temos um "Cyclops" em que enfrentamos em certa parte do jogo e um novo vírus, os zumbis em aparência estão bem diferentes dos outros aqui os zumbis se parecem com uns carpinteiros espanhóis com um certo nível de inteligência.

  • Quando o mesmo foi anunciado na e3 de 2013 eu fiquei com um hype total para esse jogo, porém quando fui jogar a história não me agradou muito, o mesmo teve um downgrade mas mesmo assim o jogo é bonito. A jogabilidade é em terceira pessoa, nesse jogo Jack (protagonista) ele tem um poder de parar o tempo e sair atirando nos inimigos, o jogo possui CG com personagens reais (sim, são pessoas reais), porém eu preferiria que não fosse.

  • Tive o primeiro contato em meados dos anos 2000~2001, se tem um jogo em que eu sentia medo só de ouvir o som dos zumbis era esse. Já tinha lançado os outros 2 na época, porém eu não consegui finalizar. Alguns anos depois peguei para jogar novamente usando um detonado escrito pela Revista Ação games e foi ai que consegui completar mas depois de muito tempo '-'

    Lembro que na época o pessoal comentava muito sobre a franquia, os sustos em que tomaram jogando e ouvia comentários de que aquela CG que tinha no começo do jogo seria um filme em que estava para ser lançado (sqn :p). Vale muito a pena pegar para jogar, hoje tem a versão HD Collection para quem se sentir incomodado com os gráficos, mas na época isso era demais principalmente aquela cena (mini CG) do 1° zumbi que apareceu.

  • Aqui é o começo de uma franquia de lutas que se tornaria mais para frente uma das minhas favoritas, quando joguei achei a jogabilidade muito travada, uma das grandes novidades em que tinha nesse jogo era por ele ser 2D que era uma novidade na época. Achei a quantidade de personagens muito fraca e o divertimento muito limitado só ficaria um pouco "menos ruim" se jogasse o modo multiplayer, mas acaba enjoando rápido.

  • A continuação desse jogo achei bem melhor que o primeiro jogo, aqui temos mais personagens, lembro que alguns personagens tiveram novos golpes, por ter mais personagens que o primeiro aqui é preciso desbloquear alguns para poder escolher.

  • Esse foi o ápice do jogo ao meu ver era muito discutido entre amigos, lembro que reunia uns amigos para tirar um x1 e o personagem eddy gordo (capoeirista) era proibido escolher por ser muito apelão (só usar X e O com ele fim de jogo). Nesse Tekken tem vários personagens para escolher e cada um deles tem seus próprios combos alguns são difíceis de jogar (Yoshimitsu, Julia) e outros mais fáceis (Eddy gordo e Hwoarang). Recomendo muito xD

  • Assim que finalizei o DMC 4 resolvi ir direto para essa grande obra prima, me senti jogando um God of War misturado com Devil May Cry pelo seu estilo de violência e pelo hack and slash muito bem trabalhado. O nome do personagem principal é Dante e ele é condenado e simplesmente vai para o inferno, lá enfrentamos monstros terríveis cada um com seu nível de dificuldade. Para quem quer uma super aventura e sair destruindo tudo está mais que recomendado esse jogaço!

  • Esse Reboot da franquia ficou realmente incrivel, esse jogo a Lara realmente sofre muito para poder sobreviver e ela é obrigada a aprender a matar os inimigos para não morrer. A jogabilidade eu achei fantástica os controles do jogo responde muito bem, o sistema de mira das armas também. A história por se tratar de um começo de uma nova aventura consegue acertar em vários aspectos até o fim do game, a ambientação do jogo é de deixar o queixo caído, fiquei bastante tempo apreciando a qualidade gráfica.

  • Sequência do tomb raider de 2013, aqui temos a Lara croft bem mais madura que no primeiro jogo, apresentando uma história bem maior com certos desafios e aprimoramentos de armas. A jogabilidade continua sendo a mesma que ao meu ver é perfeita para o jogo, comparado com o primeiro a dificuldade do jogo não é difícil, porém achei ele bem mais longo que o primeiro jogo.

  • Aqui está um jogo em que achei que iria gostar, mas não curti. Eu achei jogo muito lento em questão de desenvolvimento da história, a jogabilidade lembra muito dishonored só que com elementos de stealth, ocorreu alguns bugs comigo de o personagem ficar bugado e ter que reiniciar para poder progredir no jogo. A ambientação do jogo é bem sombria e acho isso o melhor ponto positivo do jogo dando um clima de terror mesmo não sendo, alguns momentos no jogo tentam transmitir o drama da história para o jogador porém de maneira clichê, nada especial.

  • Diferente de todos os outros esse é para quem é fã da franquia, aqui temos diversos personagens dos 3 jogos em que é possível escolher para um duelo de até quatro pessoas no cenário. O jogo não trás nenhuma novidade, apenas um simples modo versus para se divertir.

  • Considero um jogo indispensável para quem gosta daqueles filmes de guerras baseadas na cultura romana. O jogo começa simplesmente frenético e isso vai até o final do jogo, é muito soldados inimigos para serem derrotados, controlamos um soldado do exército de Esparta com o objetivo de conquistar a Grécia. Em certos ponto do jogo vem tanto soldado em que da pra perceber que o jogo da uma travadinha de leve, mas nada que incomode. A história é bem clichê, mas o que vale aqui mesmo é a diversão em que o jogo irá lhe proporcionar.

  • Conheci por meio de uma revista em que falavam muito bem sobre o jogo e realmente quando joguei achei muito massa. Aqui a gente conhece dois bandidos em que um certo dia após uma rebelião decidem aproveitar a oportunidade para fugir do presidio, mas não de maneira fácil os obstáculos no caminho são a própria policia local onde ocorre uma troca de tiros realmente frenética, é Bandido x Policia. A jogabilidade não é lá tão boa mas a história conseguiu me prender de uma maneira positiva que nem me incomodou. O jogo tem seu modo multiplayer local que é em tela divida (muito divertido esse modo). Recomendo!!

  • Esse conseguiu superar o primeiro tanto em história como em diversão, o jogo foi censurado em algumas cenas devido a cenas de nudez e violência explicita. Após os acontecimentos do primeiro jogo os mesmos querem ter uma nova vida do outro lado do mundo, porém não é isso que acontece. A qualidade gráfica do jogo está muito melhor que o primeiro jogo, a jogabilidade bem mais fluida, multiplayer local em tela dividida assim como o primeiro, sinceramente esse é o meu preferido entre eles super recomendo.

  • Lembro que quando joguei ele me lembrou Tenchu mesmo sendo uma história beeeeem diferente, mas achei a jogabilidade bem parecida entre eles. O jogo é bem legal, diversos policiais na rua atrás de vândalos que querem acabar com a cidade. O jogo é em terceira pessoa, um dos jogos em que realmente valeria a pena jogar na época do Ps1.

  • Em minha opinião esse é o maior concorrente de Black no Ps2, realmente esse jogo é sensacional, no meu ponto de vista a engine é perfeita. O jogo é um FPS em que controlamos um policial com a responsabilidade de dar um fim nas gangues em que estão aterrorizando a cidade de NY. A ambientação é sinistra, diversas cenas de explosões e tiroteios para todo lado, realmente um caos!! Super Recomendo =DD

  • Esse jogo é até hoje divertido para se jogar é um beat 'em up em 3D com diversos cenários de jogo muito bem trabalhados, aqui temos 4 personagens para escolhermos, um deles lembra muito o protagonista do Shenmue até mesmo a roupa.

  • Outro que é parecido com Crisis beat na mesma pega sendo beat 'em up em 3D, esse jogo lembra muito street of rage a diversão do jogo é o multiplayer local onde a porradaria come solta!

  • Esse é o meu favorito do gênero em beat 'em up também em 3D, os gráficos para a época são incríveis, em alguns cenários do jogo podemos escolher o caminho que podemos avançar na história. Os chefes do jogo são muito bacanas, o nível de dificuldade vai depender da habilidade do próprio jogador. Já finalizei esse jogo mais de 10x tanto que em 2018 peguei para zerar novamente e a sensação continua a mesma de quando zerei pela primeira vez, Vale muito a pena jogar.

  • Até hoje eu não entendi o que a Eidos fez na época com essa continuação, o primeiro jogo tem o modo multiplayer já esse não tem que ao meu ver é um dos pontos negativo. A jogabilidade foi totalmente alterada chega a incomodar bastante uma vez que estamos acostumado com a porradaria do primeiro jogo. Esse o Protagonista (Hawk) ele usa armas e dificilmente sai na porrada com os inimigos sem falar os monstros que colocaram dando uma impressão que o jogo se passa no futuro, realmente não gostei desse jogo apesar dele ser bem maior em duração do que o primeiro, mas não vale a pena.

  • Eu não curti muito esse primeiro jogo, não sei se era pq na época eu estava com diversos jogos de PS1 para jogar só sei que finalizei o jogo rápido (ele é bem curto), a jogabilidade não me agradou muito mas os monstros em que enfrentamos nos cenários são bem exóticos, bem trabalhados, a atmosfera do jogo da um tom sombrio fazendo com que o jogador tenha uma experiência de jogar um jogo de terror/ação ao mesmo tempo.

  • A continuação foi realmente incrivel, conseguiram fazer o jogo ter uma ambientação fantástica chegando a causar medo no jogador (pelo menos em mim). A jogabilidade foi melhorada respondendo bem ao estilo de jogo (hack and slash) em que foi feito. a trilha sonora é sensacional criada pelo Rob Zombie. Desliguei várias vezes o console na época em alguns cenários do jogo principalmente quando tentava jogar a noite. Até hoje vale muito a pena joga-lo e sentir o tom bizarro do jogo.

  • Se tem um jogo de luta em que eu gostava mais que street fighter e Tekken era esse. Joguei diversas horas, o jogo era bem fácil de finalizar porém os personagens eram fodas cada um deles tem uma transformação como: lobisomem, leopardo, tigre, onça, coelho e por ai vai... simplesmente aquilo era incrível para mim.

  • Esse é o meu favorito da franquia, aqui temos uma melhora da jogabilidade, gráficos e personagens. O vilão do jogo é sensacional e difícil de ser derrotado, a medida em que ganhar de cada personagem mais o nível de dificuldade aumenta.

  • Os gráficos são bem melhorados aqui, porém não deram muito atenção para esse jogo por que ele não teve nada de inovador, a jogabilidade é a mesma do 2° jogo (não que seja ruim), o jogo não tem um vilão casca grossa assim os dois primeiros jogos, foi aqui que o jogo começou a perder a graça e ter um índice menor de vendas.

  • Única graça do jogo é ter o Cloud e a Tifa para serem escolhidos e sairem na porrada com outros personagens até então desconhecidos por mim. É aquele tipo de jogo em que você pega para jogar, finaliza e deixa ele guardado apenas para coleção kkk

  • Diversão ao extremo!!! Simplesmente o meu favorito da trilogia.

  • A Sony entrou na onda da Nintendo na época criando seu próprio "Mario Kart" já que na época o mascote do Playstation era nada mais nada menos que o Crash. O Remake está sendo desenvolvido e está maravilhoso!!

  • Em setembro de 2018 estava rejogando ele aqui no meu PS1. Aqui temos diversas fases para serem jogadas sem contar que podemos escolher o personagem em que queremos jogar até mesmo os vilões da franquia. Se você quer divertimento esse é o Jogo.

    Obs.: Difícil ter um jogo do Crash no PS1 que seja ruim!!

  • Aqui se inicia o começo de uma nova franquia da Naughty Dogs e começaram com o pé direito, a jogabilidade até hoje se for jogar ela é ótima.

  • Continuação de um jogo que deu muito certo! Após vender milhares de cópias a Naughty dogs já veio com a continuação desse clássico, aqui enfrentamos o Dr. neo (vilão) com essa cabeça de abacaxi que por sinal o jogo tem diversas fases épicas.

  • Esperava mais desse jogo achei ele bem enjoativo, os gráficos são muito bonitos porém o que vale é a diversão e esse jogo não conseguiu me agradar tanto, mas acabei finalizando. os monstros do jogo estão bem desenvolvidos e trilha sonora muito foda.

  • De todos os Uncharted achei esse o mais fraquinho em jogabilidade, mas a história é muito bom. Recomendo obter o Uncharted Collection pq os jogos estão dublados e legendados para PT-BR e claro remasterizados.

  • Essa continuação é incrivel melhoraram 100% a jogabilidade, os gráficos estão impecáveis para a época e as cenas de ação do jogo são a todo momento se parece um filme Hollywoodiano, porém a história é bem clichê assim como o boss final do jogo, mas isso não tira a diversão e aventura impecável do mesmo.

  • Esse a gente conhece um pouco da vida do Nathan Drake quando era criança e em seguida temos uma grande aventura do inicio ao fim. Com toda certeza esse está entre um dos melhores jogos em que já joguei. Jogabilidade bem fluída, a ambientação do game é fantástica em todos os aspectos como: explosões, natureza, mar etc. A sensação em que tive foi de estar dentro de um filme á procura de tesouros, essa franquia me lembra muito o filme: A múmia e a lenda do tesouro perdido.

  • Jogo maravilhoso os gráficos são os mesmo do Uncharted 4 a história se desenrola com a Chloe e a Nadine anos depois do acontecimento do quarto jogo e se passa na índia, as duas personagens não se dão bem porém no desenrolar da história as mesmas tem que se unirem para sobreviver e vivenciar uma grande aventura.

  • Aqui presenciamos uma guerra entre facções na África, por ser na áfrica alguns pontos negativos do jogo é que não uma quantidade de animais na região, o ambiente do jogo é muito bom e a história é bastante clichê. Para quem quer começar a jogar a franquia Far Cry, recomendo jogar a partir do 3° em diante por serem bem mais divertidos.

  • O único vilão em que achei bastante insano foi o Vass (esse na capa do jogo) ele é muito psicopata. Certo dia um grupo de turistas em que estão aproveitando as férias tem seus momentos de alegria terminados, quando os mesmos são capturados pelo o exército de Vass, onde o que irá importar futuramente é a sobrevivência e a busca por vingança.

  • O gráfico desse jogo superou todos os outros 3 em que já tinha lançados e tem dublagem em PT-BR. O jogo se passa em kyrat e lá é apresentado um novo vilão chamado de Pagan Min (msm nipe do Vass) que tenta convencer o protagonista do jogo a seguir os caminhos dele. Uma grande Aventura =D

  • Muitos não curtiram esse Far Cry, mas eu adorei. Ele se passa na Idade da pedra e é apresentado diversos animais em que hoje estão extintos por ex: Mamutes e dentes de sabre (como mostra na capa). A Ambientação do jogo é sensacional, é muito bem colorida, possui dublagem em PT-BR. O jogo é um mundo aberto em que você pode alternar entre fazer as missões principais e secundárias ou simplesmente sair explorando o mapa ou caçando os diversos animais que aqui são apresentados.

  • Se tem uma das coisas em que curto nos jogos de guerra é o modo campanha e a história desse é muito foda só jogando para entender do que estou falando, a trilha sonora é épica, o som das armas são bem reais. A Destruição no jogo são bastante legais =)

  • Gostei tanto quanto o terceiro jogo da franquia, aqui os gráficos são bem melhorados, trilhas sonoras muito foda, destruição de cenários. O modo multiplayer do jogo é bastante divertido, até hoje o jogo possui diversos players online.

  • O modo campanha do jogo é ridículo não entendo para que fizeram uma merda de campanha dessa, o jogo apresenta a vida de alguns personagens e cada um tem sua característica ex: especialista em tanques, especialista em aeronaves e por ai vai... única coisa em que vale a pena é o seu modo multiplayer, a empresa Electronic Arts se tornou muito mercenária tem uns tempos para cá, para aproveitar totalmente a experiência do jogo no modo online irá precisar obter o jogo completo ou comprar por meio de DLC's os últimos mapas em que foram lançados.

  • Um jogo de corrida que não trás nada de novidades, apenas possui alguns poderes em que você pode usar nos seus adversários com o decorrer do tempo acaba enjoando

  • Esse era um jogo em que eu jogava mais que os GTA da Rockstar games, batia de frente com o GTA 3 e os demais lançados na época. Aqui você era um policial em que tinha que fazer os serviços de policia, mas como é um mundo aberto ninguém se importava muito de jogar a história e sim sair por ai bagunçando na cidade.

  • Depois do terceiro jogo, aqui começaram a cagar na franquia e controlamos o Frank Aguiar em Nova york, a jogabilidade é tão ruim que parece que o personagem cagou nas calças. Infelizmente conseguiram estragar o jogo.

  • Se o Parellel lines estava ruim esse ficou pior não perca tempo com esse jogo, procure outro.

  • O que GTA foi para o PS2, Drive foi o mesmo só que para o PS1. Jogo muito inovador na época, um mundo aberto com missões realmente muito boas. Passava horas e horas jogando quando chegava da escola kkk

  • A franquia teve tanto sucesso em que vendeu milhares de cópias no mundo todo, era bem criticado nas revistas da época sempre com notas altas e a maioria do pessoal que tinha um Playstation na época jogou esse que é um dos maiores clássicos do PS1.

  • Me Arrependo de ter baixo o emulador do PSP pra jogar essa merda de jogo, a franquia acaba aqui X-X

  • Jogo legal do PS1! aqui o objetivo é sair destruindo os outros carros em uma arena e fazer pontos, o carro em que ficar mais intacto é o sairá vencedor.

  • Curti bastante essa idéia de ter um crossover entre dois dos melhores jogos de luta, a jogabilidade é a mesma de Street fighter 4, para quem gosta de personagens esse tem uma lista grande para escolher.

  • Passa as tardes jogando esse grande jogo de luta que croosover lindo de se ver, a jogabilidade é muito fluída. Os combos dos personagens são demais só de recordar já da vontade de jogar.

  • Uma pena ter poucos personagens para escolher, mas o que valia mesmo era a diversão, aqui era só escolher : Hulk e Cyclops no time que já era kk

  • O primeiro cross over mais épico em que a capcom fez na minha opinião, vale muito a pena jogar, principalmente se tiver reunido com os amigos.

  • Capcom precisamos de um jogo de luta nesse mesmo estilo, aqui foi o melhor cross over dos jogos em que vi. Quantidade muito grande de personagens para escolher.

  • Sobrou até para a marvel haha!! Realmente a capcom estava em seu auge nos jogos de luta, pena que esse não tem uma variedade de personagens para escolher.

  • Sempre quando um jogo dava certo a Capcom resolvia dar continuidade fazendo um segundo jogo, nesse caso não foi diferente.

  • Shooow dessa vez colocaram diversos personagens, diversos deles sendo novidades, ex: Wesker, Dante, deadpool, okami, Chris redfield entre outros, vale bastante a jogatina

  • Até então esse é o ultimo jogo lançado da trilogia de tomb raider (Reboot), Muitos criticaram por ser "parado" não tendo muitas cenas de ações igual aos demais, o pessoal só esqueceu em que a origem do jogo é a exploração e a aventura. Lara está bem mais madura e experiente, manuseando muito bem armas de baixo e alto calibre chegando a ser em alguns momentos "sanguinária". A história se passa no Rio amazonas na América do sul, aqui é apresentado a trindade uma organização que é citada em momentos desde o reboot da franquia. Lara obtém um artefato até então misterioso (se parecendo com uma faca) em uma certa caverna que da inicio ao apocalipse apresentando em seguida as catastrofes naturais causado por esse item mágico. A ambientação comparado com os outros dois anteriores está bem mais bonita e bem detalhados. Uma certa parte do jogo lara acaba enfrentando um Jaguar, onde me fez lembrar de alguns jogos da franquia. Quanto a jogabilidade não tem nada de diferente, apenas temos uma quantidade imensa de itens que podem ser coletados ao explorar o mapa em que esses itens podemos fazer remédios medicinais e também remédios para dar um tipo de "defesa" para lara contra os inimigos que é algo novo no jogo em que foi adicionado. As missões secundárias são bem legais de se fazer não se tornando uma experiência cansativa ao meu ver. Essa trilogia me agradou muito do inicio ao fim, espero que a Eidos reviva alguns jogos em que foram esquecidos na gaveta e façam uma parceria junto com a crystal dinamics para serem desenvolvidos =)

  • Resumindo é um gta só que você é um policial, a história é bem clichê, mas o que vale a pena é a jogatina. É um jogo open world em que não ficamos limitados somente em fazer as missões principais ou secundárias mas acontecem variedades no mapa conforme irá jogando. A jogabilidade lembra muito as franquias da Rockstar de mundo aberto. Nele a gente consegue sair abordando os pedestres nas ruas para checar se o mesmo possui passagem ou algum "B.O", em certos momentos do jogo me deparei com alguns cidadãos brigando (saindo na porrada) nas ruas de NY e fui até lá para aborda-los e prender ambos. o Jogo tem essa liberdade de decisão se o jogador irá querer prender o indíviduo ou não, porém se caso os pedestres não tiverem envolvimento com o tráfico e prende-los sua barra de "BAD COP ou mal policial aumenta" ou seja você é um policial com pouco respeito na cidade e também tem a barra de "Good COP" que é fazer o protagonista ser um policial Bonzinho, ambas decisões afetam no final do jogo. Recomendo!

  • O Rapper estava estourado nas paradas com seus Hits em meados de 2005, nada melhor que fazer um jogo sobre ele nao é? Antes de jogar eu achava que esse jogo seria uma merda pura, mas a primeira que peguei para jogar acabei curtindo, é tiroteio para quanto é que lado. Divertido =D

  • É um jogo simples de Corrida de caminhão, o jogo tenta passar uma experiência do jogador estar controlando realmente um caminhão ou uma carreta pesada. O legal desse jogo que achei foi a customização em que pode ser feita nas carretas. O jogo também possui alguns personagens em que podemos escolher, cada um com sua caracteristica e carreta.

  • Esse jogo vale a pena ser jogado principalmente o modo Coop. È simplesmente um jogo de batalha de carros, onde o jogador pode escolher controlar o carro ou sair atirando nos outros carros rivais, é bem maneiro o jogo!

  • Da nova geração eu acho ele o melhor jogo de FPS com a melhor campanha, conseguiram fazer uma boa história com essa franquia, O jogo se passa após a 2 guerra mundial como se a Alemanha comandada pelo maior filha da puta que já existiu (Hitler) na terra tivesse ganhado a guerra e a população sendo obrigado a se curvar a ele por obrigação, caso contrário o mesmo irá matar.

  • O jogo só melhorou desde então é insanidade a todo momento e uma continuação direita dos fatos ocorridos no primeiro jogo 'The New Order'.